Se você tem interesse em atuar na área de saúde e está em dúvidas sobre o que faz e quanto ganha um profissional técnico em radiologia, preparamos esse texto para responder todas as questões.

O curso técnico em radiologia tem por objetivo ensinar para o aluno as técnicas necessárias para preparar e operar equipamentos usados em exames de diagnóstico por imagem.

Os exames de imagem são de extrema importância para a medicina moderna fazer o diagnóstico preciso. Assim, esta é uma profissão com um grande campo de trabalho e que cresce a cada dia, já que os avanços tecnológicos e a modernização dos equipamentos faz com que este mercado esteja em expansão.

Além de trabalhar na área médico-hospitalar, o profissional técnico em radiologia também pode atuar na área de engenharia e indústria que usa a tecnologia de detecção por imagens para fazer o rastreamento de estruturas metálicas, tubulações e etc.

As disciplinas do curso são voltadas para as áreas de Ciências Biológicas, Humanas e Exatas. Por ser um curso focado na área médica, o aluno irá ter também noções de Anatomia e Fisiologia.

O ensino de como os funcionam os equipamentos que usam da radiologia funcionam em aulas práticas. Por isso, os alunos também possuem aulas de física das radiações.

Além disso, como a radiação possui risco para a exposição, os alunos também aprendem os cuidados a serem tomados e as normas de segurança para que os exames de diagnósticos por imagem não operem risco nem para o técnico e nem para o paciente.

O curso de técnico em radiologia possui duração média de 19 meses, incluindo estágio supervisionado de 400 horas.

O que faz o técnico em radiologia

O profissional técnico em radiologia pode atuar em:

  • Exames radiográficos convencionais;
  • Preparação do ambiente em que o exame irá ser feito para que a radiação não seja um risco nem para o profissional que irá operar o equipamento e para o paciente;
  • Fazer o processamento das soluções químicas e filmes usados nos exames;
  • Auxiliar nos procedimentos de medicina nuclear e radioterapia;
  • Fazer o acompanhamento do uso de meios de contraste radiológicos, fazendo a avaliação de possíveis reações adversas;
  • Radiologia industrial, que usa a radiação para o controle de qualidade e para processos industriais;
  • Avaliação de estruturas e detectar anomalias, como rachaduras, que não estão visíveis na construção civil;
  • Indústrias alimentícias nos procedimentos de esterilização, pasteurização e conservação de alimentos;
  • Processos radiológicos relacionados a serviços de segurança para a detecção de armas e drogas, como os existentes em aeroportos, por exemplo.

Quanto ganha o técnico em radiologia

O piso salarial dos técnicos em radiologia é de R$ 1.628,78, sendo acrescido o adicional por insalubridade (exposição do profissional a agentes nocivos) de R$ 2.280,30.

Esta média varia de acordo com o estado. Em São Paulo, a média salarial é de R$ 2.584,08.

A seguir, confira uma tabela de pesquisa salarial realizada pelo Serviço Nacional de Empregos (SINE) para a profissão de técnico em radiologia de acordo com o porte da empresa os níveis profissionais, que podem ser: Trainee (até 2 anos de experiência); Júnior (Entre 2 a 4 anos de experiência); Sênior (entre 6 a 8 anos de experiência) e Master (mais de 8 anos de experiência).

tabela

A EVOLUT Escolas Técnicas é referência quando o assunto é curso técnico. Atuando há mais de 20 anos na formação de profissionais para o mercado de trabalho, a instituição oferece o curso de radiologia na unidade de Piracicaba. Saiba mais sobre o curso no site: http://evolutescolastecnicas.com.br/tecnicos/radiologia/.