Segurança do trabalho: como funciona o curso técnico

23 de outubro de 2018 - 10 minutos lido

Se você chegou até aqui, certamente já ouviu falar sobre segurança do trabalho. Este curso técnico está na lista dos mais procurados por estudantes que querem fazer cursos técnicos. Mas apesar do interesse, ainda existem muitas pessoas que não conhecem muito bem essa área, ou conhecem, mas não sabem o que o mercado de trabalho exige.

Se você é uma dessas pessoas, continue lendo este artigo para entender como funciona o curso de segurança de trabalho. Descubra também qual é a média salarial oferecida por empresas que precisam de profissionais com habilidades nesta função, além de possíveis locais para atuar.

Segurança do Trabalho Acessórios

Fonte: Pexels.com

Como atua o profissional de segurança do trabalho

A principal função exercida por esse profissional é a realização de serviços cujo objetivo é prevenir acidentes de trabalho. Talvez você não tenha ouvido falar no nome desta função, mas certamente já ouviu alguém próximo comentando que trabalha pensando em estratégias para evitar acidentes dentro de uma empresa ou fábrica.

Ao se formar nesta área, o profissional vai pensar e criar formas de contribuir para o bom funcionamento de uma empresa, tendo em vista a forma como os funcionários praticam as suas atividades. Um segurança do trabalho precisa estar atento a essas formas de trabalho, e ao identificar algo que esteja sendo praticado de maneira incorreta, ele precisa intervir e  pensar em como resolver.

Há diversas formas de resolução, como incentivar cursos e treinamentos para os colaboradores, bem como oferecer equipamentos de proteção individual e coletivo. Essas ações, na maioria dos casos, são pensadas para indústrias, de pequeno ou grande porte que necessitam de profissionais para operar máquinas, por exemplo.

Sabemos que não é fácil manusear máquinas industriais ou aparelhos cortantes (usados em serigrafias, por exemplo). Mesmo tendo um treinamento para exercer a função de usar aparelhos ou máquinas, o profissional corre o risco de se machucar a qualquer momento. E um segurança do trabalho atua principalmente da prevenção e conscientização das normas de segurança e portanto, precisa estar sempre monitorando isso, para evitar pequenos e grandes riscos.

Como funciona o curso de segurança do trabalho

Como já falamos, o curso técnico de segurança do trabalho é um dos mais procurados por estudantes atualmente. Isso está acontecendo porque a função exercida por este profissional é bastante buscada por empresas e diversos segmentos, fato que favorece a oferta de emprego.

Além disso, o profissional recebe uma boa remuneração se comparada a outras áreas onde não há oferta de emprego com tanta frequência. Mas o mais importante ao falar sobre o curso de segurança do trabalho é entender que o local onde o aluno pretende se formar conta bastante na hora de uma seleção de trabalho.

Você pode optar por fazer o curso técnico ou tecnólogo, a diferença entre eles é a duração, pois o técnico dura menos tempo, enquanto o tecnólogo é uma formação que exige maior carga horária.

As duas opções são interessantes para o profissional que deseja atuar nesta área. A dica é se perguntar quanto tempo você tem para dedicar ao curso. Se você quer uma formação mais rápida, o curso técnico é a melhor opção.

Esta formação dura em média um ano e meio, e normalmente é encontrada em grandes instituições de formação profissionalizante. Em alguns casos, o curso pode até ser feito à distância, embora o modo mais recomendável é o presencial, para que o aluno tenha contato com as simulações de riscos que podem acontecer em uma empresa.

Alguns conteúdos vistos neste curso são: administração aplicada, normas e legislação, organização industrial, investigação de acidentes, proteção ao meio ambiente, segurança em instalações, gerenciamento de riscos, e até empreendedorismo, matemática e estatística.

Em quais áreas o profissional de segurança do trabalho pode atuar

Agora que você já sabe um pouco sobre esta área, desde o funcionamento do curso, até como atua um profissional de segurança do trabalho, vamos falar quais são as possíveis áreas que ele pode atuar.

As vagas de emprego para estes profissionais estão espalhadas entre hospitais, empresas públicas e privadas do ramo da construção civil, bem como mineradoras, petrolíferas, portos, aeroportos, instituições de ensino e determinados tipos de comércio.

Dentro desses locais, as funções exercidas são: implementação e gerenciamento de modelos de segurança do trabalho, coordenação de equipes para treinamentos e orientações necessárias para o bom funcionamento de uma empresa.

Desenvolvimento de pesquisas e testes, bem como propostas que envolvam políticas de segurança no espaço de trabalho, seja ele qual for, também são funções de um segurança do trabalho. O salário oferecido depende do que cada local está disposto a oferecer, e normalmente varia de R$ 2 a 3 mil.

Como você pode perceber, é uma área bastante abrangente e exigente, pois espera-se do profissional uma boa capacidade para evitar riscos. O bom é que todas as técnicas são ensinadas, de forma efetiva, no curso técnico de segurança do trabalho.

Então você não precisa se preocupar e nem ter dúvidas se você vai ou não ter a capacidade para exercer a função. Um bom curso, com professores especializados e experientes, e uma boa estrutura para os treinamentos práticos, com certeza vai oferecer a você a experiência que você deseja para atuar em qualquer uma das áreas citadas aqui.

Segurança do Trabalho Estudo

Fonte: Pexels.com

Como saber se o curso de segurança do trabalho é para você

Agora que você já aprendeu muita coisa sobre segurança do trabalho, é hora de entender se esse curso é realmente para você. Para escolher, a dica é você fazer uma lista com suas principais características, para depois tentar encaixar a função e o curso com você.

Avalie o seu perfil pessoal. O que você mais gosta de fazer, pessoalmente falando? Quais eram os seus sonhos quando criança? Eles se relacionam com os seus interesses profissionais? Estas são algumas perguntas interessantes que você deve se fazer antes de se matricular no curso de segurança do trabalho.

Identifique diversas áreas profissionais de interesse. Isso é muito importante, pois vai te ajudar a encontrar uma área que se encaixa com o seu perfil. Além disso, não deixe de pensar quais são as suas pretensões salariais. Esse é um fator motivador que é, muitas vezes, determinante na escolha.

Ao entender alguns desses pontos pessoais e profissionais, você vai ter mais clareza sobre o curso de segurança do trabalho. Inclusive, fazendo esta lista e análise, você vai descobrir não só se este curso é bom para você, mas qual é o curso melhor para o seu perfil.

Venha para a Evolut e junte-se a este time de sucesso!. Já são mais de 30.000 profissionais no mercado de trabalho formados pela Evolut Escolas Técnicas.

Entre em contato com a Evolut através do nosso e-mail:  atendimento@evolutescolastecnicas.com.br

Ou ligue agora mesmo para um de nossos telefones:

(11) 4526-2528 – Jundiaí – SP

(19) 3434-9873 – Piracicaba – SP

Conte conosco para o seu sucesso profissional!

Tags: ,