Quando falamos em cursos técnicos, surge um número considerável de dúvidas acerca das vantagens e desvantagens de se investir em uma educação nessa modalidade. Mas afinal, o que diferencia o curso técnico de um curso superior, por exemplo? O que torna o curso técnico uma modalidade cada vez mais valorizada no mercado? O que essa modalidade pode garantir para a sua vida profissional? Diante desses questionamentos, vale a pena fazer um curso técnico, então?

Pensando nessas e em outras dúvidas importantes que surgem quando tocamos nesse assunto, nós aqui do blog da Evolut – uma instituição especializada em cursos técnicos – resolvemos criar este artigo como uma espécie de “guia” sobre a modalidade, reunindo informações relevantes e bastante úteis sobre como os cursos técnicos podem ser uma escolha viável na sua jornada pelo mercado profissional. 

Antes de mais nada, é preciso entender que o curso técnico é um caminho mais rápido e especializado para você adquirir conhecimento em uma área e aplicá-lo quase imediatamente no mercado de trabalho ao terminar seu curso. E, em um país com grande demanda de mão de obra, como o Brasil, o profissional técnico está no caminho certeiro da valorização no âmbito do trabalho. Vamos entender melhor as características que tornam um curso técnico vantajoso?

Vale a pena fazer um curso técnico pelo tempo mais curto de formação

1. Vale a pena fazer um curso técnico pelo tempo mais curto de formação

A primeira coisa que diferencia totalmente os cursos técnicos das outras modalidades, como os cursos superiores, por exemplo, é o tempo de duração. Enquanto no ensino superior temos cursos com duração média de 4 anos (ou 3 anos no caso de superior tecnólogo), nos cursos técnicos, geralmente, a duração é menor – geralmente dois anos -, atuando com agilidade na preparação do aluno para o mercado de trabalho.

A duração mais curta dos cursos técnicos em nenhum momento é um demérito para a modalidade, já que esse tipo de curso vai ter uma otimização maior do tempo aplicado no aprendizado, incluindo conhecimentos teóricos e principalmente práticos para a completa formação do aluno na área escolhida.

2. Vale a pena fazer um curso técnico pela valorização da modalidade no mercado

Se tem um detalhe interessante sobre os cursos técnicos (e que está sempre sendo ressaltado pela Evolut), é a crescente valorização da modalidade no mercado de trabalho – afinal, o mercado brasileiro possui uma enorme carência de profissionais técnicos, o que garante disponibilidade de vagas e ótimas possibilidades de crescimento profissional, além de uma boa remuneração.

Com essa valorização, é possível que um aluno da modalidade técnica consiga a inserção no mercado de trabalho antes mesmo de finalizar seu curso, adentrando ao âmbito profissional por meio de um estágio e garantindo uma vaga após a formação. Uma boa forma de saber se vale a pena fazer um curso técnico é acessando o Raio-X que nós da Evolut fizemos sobre os cursos técnicos no Brasil, que lista as áreas atualmente mais bem valorizadas e as possibilidades de remuneração financeira.

Vale a pena fazer um curso técnico pelo custo-benefício da modalidade

3. Vale a pena fazer um curso técnico pelo custo-benefício da modalidade

Como os cursos técnicos geralmente possuem uma duração menor que outras modalidades, naturalmente o gasto de um aluno com esse tipo de curso também é inferior, algo que deve ser bastante levado em consideração ao se perguntar se vale a pena fazer um curso técnico. Preços de mensalidade geralmente variam de acordo com o curso técnico escolhido, mas geralmente o curso técnico cabe mais facilmente no bolso do indivíduo e isso acaba tornando a modalidade técnica um ótimo investimento no sentido de custo-benefício.

Outra questão sobre o custo-benefício é a remuneração relacionada aos cursos técnicos. Profissionais bem capacitados podem já entrar no mercado com uma remuneração bastante considerável, o que revela que os cursos técnicos são investimentos acessíveis e que podem garantir resultados futuros muito promissores.

4. Vale a pena fazer um curso técnico pelo aprimoramento do currículo

Pense bem: se dois candidatos com cursos superiores numa área disputam uma vaga e um deles possui uma formação técnica em uma área complementar e que pode ser bem útil no desenvolvimento da ocupação pretendida, quem você acha que tem mais probabilidades de ser recrutado? 

Mesmo se você tiver o objetivo de fazer um curso superior, ter uma modalidade técnica no seu histórico é um peso a mais de importância no seu currículo. E isso não se aplica apenas a áreas complementares: qualquer experiência com cursos e ocupações de nível técnico já conta bastante e demonstra que você já possui um background profissional – um conhecimento sobre o mercado de trabalho e sobre empregabilidade – e que já está acostumado com as exigências do mercado. 

Aliás, possuir esse background profissional técnico também é algo que pode te ajudar a escolher melhor o curso superior que você quer estudar. Isso se aplica principalmente a quem quer fazer o ensino médio integrado ao técnico: ter uma experiência técnica já durante o ensino médio ajuda com diversas habilidades referentes ao mercado de trabalho, amplia os horizontes profissionais e influi diretamente num melhor discernimento em relação ao ensino superior (sem contar no tempo que o ensino médio integrado ao técnico economiza para o aluno). 

Vale a pena fazer um curso técnico pelo aspecto prático e pela variedade de áreas

5. Vale a pena fazer um curso técnico pelo aspecto prático e pela variedade de áreas

Se você é uma pessoa com maior inclinação para atividades práticas, os cursos técnicos podem (e devem) ser a escolha mais certeira quando você estiver planejando a sua inserção no mercado de trabalho. O foco em conhecimentos práticos que a modalidade técnica fornece é pensado principalmente na fácil inserção no mercado de trabalho, mas também é vantajoso para quem possui mais habilidades práticas do que teóricas, ajudando a colocar essas habilidades em prática de forma mais especializada.

Também é importante levar em consideração ao ponderar se vale a pena fazer um curso técnico a grande variedade de possibilidades dentro dessa modalidade. Existem várias áreas englobadas pela modalidade técnica – só aqui na Evolut, contando com nossas duas unidades, nós oferecemos formação técnica em 11 áreas diferentes. Por esse motivo, é fácil encontrar um curso técnico numa área que seja realmente interessante para você e relevante para a sua formação profissional ou para a remuneração financeira que você almeja.

Curtiu o post e as informações repassadas? Deixa um comentário ou compartilha ele com alguém que pode se beneficiar com as informações!